Transporte Sustentável: segundo Tatuzão começa a escavar na Linha 5-Lilás do Metrô

04/11/13 17:21

Transporte Sustentável: segundo Tatuzão começa a escavar na Linha 5-Lilás do Metrô

Os túneis da Linha 5-Lilás do Metrô, que ligará o Largo Treze à Chácara Klabin, ganharam reforço de peso nesta segunda-feira, 4. Com 720 toneladas, o segundo Tatuzão começou o processo de escavação no poço Conde de Itu, em Santo Amaro, onde será a futura estação Adolfo Pinheiro.

“É um grande investimento em transporte sustentável na capital. Vai possibilitar de 600 a 700 mil passageiros a mais por dia na Linha 5-Lilás do Metrô. É uma ação que visa reduzir as emissões de carbono e diminuir a poluição das cidades”, comentou o secretário estadual do Meio Ambiente, Bruno Covas.

Esta é a primeira vez na história em que duas tuneladoras trabalham ao mesmo tempo em uma mesma linha. Responsável pela construção dos túneis, o Shield EPB (conhecido como Tatuzão) é uma máquina capaz de avançar em média 15 metros por dia sob a terra. “Nós já tínhamos um Shield EPB operando entre [o poço] Bandeirantes até a Chácara Klabin, e agora o segundo Shield EPB da [estação] Adolfo Pinheiro até Campo Belo”, destacou o governador Geraldo Alckmin.

A Linha 5-Lilás do Metrô já possui 8,4 quilômetros de extensão e seis estações (Capão Redondo, Campo Limpo, Vila das Belezas, Giovanni Gronchi, Santo Amaro e Largo Treze). Após sua expansão, terá mais 11,5 quilômetros de túneis e 11 novas estações (Adolfo Pinheiro, Alto da Boa Vista, Borba Gato, Brooklin, Campo Belo, Eucaliptos, Moema, AACD-Servidor, Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin). Há ainda uma expansão prevista até o bairro Jardim Ângela, onde haverá uma estação de nome homônimo e outras duas estações: Parque Santo Dias e São José.