Sorocaba começa a formar suas “Crianças Ecológicas”

Raissa Pereira tem apenas oito anos e já vai para a escola sozinha. Aliás, ela e sua bicicleta cor-de-rosa, percorrem uma distância de aproximadamente 2 km para chegar à escola municipal Prof. Duljara F. de Oliveira, no bairro de Santo Amaro, na cidade de Sorocaba, interior do Estado, onde permanecem por tempo integral e participam de atividades extracurriculares, entre elas, educação ambiental. A aluna do 3º ano se considera uma criança amiga do meio ambiente, “eu fecho a torneira para escovar os dentes e separo o lixo em casa”, justifica, e se fosse escolher a sua personagem predileta na turma do “Criança Ecológica”, Raissa seria Frida Flor. “Adoro as flores e as árvores”. Raissa é uma das 2.200 crianças sorocabanas que agora contam com o livro “Criança Ecológica – Sou dessa turma” em sala de aula. Uma parceria firmada, em 04.06, entre a Secretaria Estadual do Meio Ambiente - SMA e a prefeitura municipal de Sorocaba que vai capacitar os professores de 16 escolas da cidade para trabalharem o livro, que aborda agendas ambientais sobre água, fauna, flora, poluição e aquecimento global de uma maneira didática e interativa.
Coral da escola Duljara canta música da Criança Ecológica.
Coral da escola Duljara canta música da Criança Ecológica.
Crianças pedalam pelas ciclovias de Sorocaba.
Crianças pedalam pelas ciclovias de Sorocaba.
Bob Água se apresenta para a criançada.
Bob Água se apresenta para a criançada.
Fred Fauno alegrando a meninada.
Fred Fauno alegrando a meninada.
Frida Flor chega na escola Duljara F. de Oliveira.
Frida Flor chega na escola Duljara F. de Oliveira.
Graziano em sua mais nova recicleta.
Graziano em sua mais nova recicleta.
O prefeito de Sorocaba
O prefeito de Sorocaba
 Vitor Lippi
Vitor Lippi
 e o secretário Xico Graziano.
e o secretário Xico Graziano.