Semana do Meio Ambiente

06/06/13 18:00

Semana do Meio Ambiente

A população do estado de São Paulo comemora, de 1º a 9 de junho, a Semana Mundial do Meio Ambiente, que conta com uma programação especial e diversificada. A Secretaria de Estado do Meio Ambiente – SMA promove oficinas, exposições, palestras, dinâmicas, trilhas, exibições de vídeos, passeios ciclísticos, entre muitas outras atividades, que serão realizadas nos parques urbanos e nas unidades de conservação do estado. A programação completa está disponível aqui.

A partir do dia 1º de junho, foi iniciada a campanha de mobilização socioambiental para coleta e reciclagem de óleo de cozinha em sete parques urbanos da Região Metropolitana de São Paulo (Horto Florestal, Villa-Lobos, Ecológico de Guarapiranga, Belém, Juventude, Gabriel Chucre e Água Branca). Em todos os fins de semana do mês de junho será feita a coleta do óleo. A população receberá esclarecimentos sobre os impactos ambientais decorrentes do lançamento de óleo diretamente nas redes de esgoto, será orientada sobre o descarte adequado de óleo e poderá realizar a troca de uma garrafa PET com dois litros de óleo de cozinha usado por duas barras de sabão. Para saber como coletar corretamente o óleo de cozinha usado, acesse o site Óleo Sustentável e acompanhe o passo-a-passo.

O Dia Mundial do Meio Ambiente será comemorado no Parque Tizo, no dia 5 de junho, a partir das 14h30. Na oportunidade, o governador Geraldo Alckmin e o secretário do meio ambiente Bruno Covas lançarão o pacote Crédito Ambiental Paulista, com investimentos de R$ 60,460 milhões. Entre as novidades anunciadas pelo governo estadual está a implantação do Crédito Ambiental Paulista, a criação de três novas unidades de conservação (UCs), o lançamento do CAR (Cadastro Ambiental Rural) e do aplicativo para smartphone do Sistema Ambiental Paulista. Serão assinados o Decreto de Áreas Contaminadas, convênios com a WWF (World Wildlife Fund), termo de compromisso de logística reversa e termo de cooperação com a Conservation International do Brasil. O governo também anunciará investimentos de incentivo à reciclagem e a aquisição de caminhões para combate a incêndios e gestão dos resíduos sólidos. O Parque Tizo está localizado na Avenida Dr. Altair Martins, 3287, Gramado (entrada pelo Km 21 da Rodovia raposo Tavares), Cotia.

No dia 6, às 11h, no Capão Redondo, será celebrada a inauguração de novas estações telemétricas. A Região Metropolitana de São Paulo ganhará mais duas estações de avaliação de qualidade do ar, graças ao convênio firmado entre a DERSA – Desenvolvimento Rodoviário S/A e a CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo. A parceria, estabelecida durante o processo de licenciamento ambiental do Trecho Sul do Rodoanel Mario Covas (SP-021), previu, entre outras ações, a instalação de quatro estações em São Paulo. As duas novas estações vão monitorar a qualidade do ar nas proximidades do Trecho Sul do Rodoanel e na marginal do Tietê, nas proximidades da Ponte dos Remédios. As outras duas estações adquiridas por meio desse convênio, de Carapicuíba e de Guarulhos, já estão em operação.

A estação Capão Redondo ficará na Estrada de Itapecerica, 5.859 (Instituto Adventista de Ensino) e medirá os seguintes poluentes: partículas inaláveis, óxidos de nitrogênio e ozônio, além de parâmetros meteorológicos como direção e velocidade dos ventos, umidade relativa do ar, pressão atmosférica e temperatura.

No dia 7, às 11h, o secretário do meio ambiente Bruno Covas participará do plantio simbólico na obra de Landart “Bloom Project” no Instituto de Botânica (Avenida Miguel Stéfano, 3687, Água Funda).

Ainda no dia 7, às 15h, será inaugurado o espaço revitalizado da Villa-Ambiental no Parque Villa-Lobos, destinado a atividades de educação ambiental. O parque fica na Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 1025 – Alto de Pinheiros.

Nos dias 8 e 9 acontecerá a Virada Sustentável, que conta com uma programação bastante diversificada e para os mais variados públicos em diversos locais do estado de São Paulo, incluindo os parques Villa-Lobos, Juventude, Água Branca, Belém e Gabriel Chucre. A Virada é um evento cultural que reúne atrações (música, teatro, dança, instalações, exposições) que têm a sustentabilidade e seus diferentes temas (mudanças climáticas, biodiversidade, água, reciclagem, diversidade, direitos humanos, mobilidade urbana etc.) como conteúdo principal. Funciona também como um laboratório de práticas sustentáveis nas cidades por onde passa, estimulando governos e empresas locais a adotarem soluções sustentáveis em temas como mobilidade urbana (caminhada, bicicleta e uso do transporte público), inclusão de pessoas com deficiência (acessibilidade, necessidades especiais) e empoderamento do espaço público (parques e praças).

Confira aqui a programação completa da Virada Sustentável.