Seguem atividades de implantação do Projeto Desenvolvimento Rural Sustentável-Microbacias II

Durante o período de 6 a 10.12 foi realizada a primeira capacitação visando à implantação do Projeto Desenvolvimento Rural Sustentável – PDRS-Microbacias II. Participaram do curso técnicos da Coordenadoria de Biodiversidade e Recursos Naturais – CBRN e da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral – CATI.

Os técnicos foram treinados para realizarem uma avaliação ambiental das iniciativas de negócios que serão apoiados e dos serviços de melhoria que serão realizados nos trechos críticos de estradas municipais em áreas rurais. A avaliação ambiental que será realizada visa atender a Política de Salvaguardas Ambientais e Sociais do Banco Mundial, instituição financiadora do PDRS.

Nesse sentido, cabe salientar que não serão financiados projetos que sejam desenvolvidos em Unidades de Conservação de Proteção Integral, que gerem impactos ambientais significativos pela legislação nacional, que impliquem na supressão de vegetação da Mata Atlântica primária ou secundária, nos estágios médio ou avançado de regeneração, entre outras situações inclusas na lista negativa do Projeto.

No treinamento foram discutidos temas como legislação ambiental, licenciamento e avaliação de impactos, sendo realizada também visita de campo na Região Metropolitana de São Paulo – RMSP em áreas que participam do projeto Guarapiranga Sustentável e com proprietários que aderiram ao protocolo de Boas Práticas Agroambientais.

A visita contou com o apoio da Casa da Agricultura Ecológica – CAE de Parelheiros da Prefeitura de São Paulo, e do engenheiro agrônomo Cristiano Mendes e do proprietário Sr. José, o “mineiro”, que recebeu a equipe e abriu as portas da propriedade para a realização do estudo de caso.

O treinamento marcou um passo importante para o fortalecimento dos trabalhos conjuntos entre a CATI e a CBRN na busca de ampliar a sustentabilidade das atividades agropecuárias.

Saiba mais sobre o PDRS

O Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável – PDRS, instituído pelo Decreto 56.449 de 29 de novembro de 2010, traz financiamento de projetos sustentáveis voltados a agricultores familiares em áreas sensíveis. Está sendo realizado por meio de uma parceria entre a Secretaria de Agricultura e Abastecimento, representada pela CATI, e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente – SMA, representada pela CBRN.

Durante os meses de novembro e dezembro as equipes da CBRN estão realizando reuniões de divulgação da primeira chamada de projetos, envolvendo o financiamento de cinco projetos que serão selecionados nas regiões de Ribeirão Preto, Litoral Sul, Vale do Ribeira e sudoeste do Estado, Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte e Área de Proteção de Mananciais da Região Metropolitana de São Paulo.

As reuniões têm contado com a participação de representantes de Comitês de Bacia, prefeituras, associações de pequenos produtores, ONGs e universidades, entre outros.

Em 14.12, às 10h na UNITAU, em Taubaté, foi realizada mais uma reunião para divulgação dos projetos envolvendo as regiões do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte. Está previsto o lançamento, no mês de fevereiro de 2011, do primeiro edital para o financiamento de projetos, tendo como valor médio US$ 150 mil, sendo o máximo de US$ 210 mil.

Maiores informações podem ser obtidas junto ao Departamento de Proteção da Biodiversidade da CBRN em São Paulo, com a diretora Cristina Maria do Amaral Azevedo, pelo telefone (11) 3133-3804.


Encontro em Parelheiros
Encontro em Parelheiros
Encontro em Sorocaba
Encontro em Sorocaba