SP vai remover famílias de áreas de risco e recuperar florestas no Litoral

27/01/14 13:02

SP vai remover famílias de áreas de risco e recuperar florestas no Litoral

Um bilhão de reais para beneficiar 25 mil famílias em todo litoral de São Paulo. O governador Geraldo Alckmin, os secretários, Bruno Covas, do Meio Ambiente, e Silvio Torres, da Habitação, lançaram, em São Vicente, no domingo, 26 de janeiro, o Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Litoral Paulista (PDSLP). A iniciativa vai remover famílias de áreas de risco socioambiental em cinco anos.

“Um total de 25 mil famílias, que hoje vivem em áreas de risco socioambiental, nos 16 municípios litorâneos receberão novas moradias ou terão seus bairros urbanizados. A floresta de Mata Atlântica será recuperada”, explicou o secretário Bruno Covas.

A primeira ação do projeto é a liberação de R$ 54 milhões para construção de 1.800 unidades habitacionais, sendo 1.120 no Conjunto Tancredo Neves III e 680 no Caneleira IV, para realocação de famílias de Santos e mais 1.120 para moradores de São Vicente. Além disso, Alckmin autorizou a construção de 133 unidades na Vila Santa Casa, em Santos, para atender uma demanda antiga dos moradores da região.

O Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Litoral, financiado pelo Banco do Brasil, Governo do Estado, governo federal e municípios, atuará em ocupações irregulares no entorno e nas áreas de pressão dos parques e na melhoria institucional de gestão territorial e integração ambiental entre estado e entes municipais, com reforço na fiscalização ambiental e redução das áreas de risco.