Polícia Ambiental apreende mais de 200 pássaros silvestres

A Polícia Militar Ambiental autuou nesta quarta-feira, 28, dois homens com mais de 200 aves silvestres em Presidente Prudente, no interior de São Paulo. Os indivíduos estavam em um carro e não obedeceram a ordem de parada em um bloqueio da Policial Militar na Rodovia Ângelo Rena. Na fuga, o motorista perdeu o controle da direção e bateu o carro em um poste. As aves estavam no porta-malas dentro de caixas.

Os dois foram autuados pelo tráfico de 201 pássaros da fauna silvestre, transportados irregularmente, sendo uma arara piranga e 200 papagaios verdadeiros. As aves estavam acondicionados precariamente em seis caixas plásticas, o que ocasionou a morte de vários deles.

Tal prática configurou crime de transporte ilegal de animais silvestres e maus tratos, sendo lavrados duas multas no valor total de R$ 206.500,00 para cada um dos envolvidos no crime.

Os pássaros foram destinados à Associação de Proteção aos Animais Silvestres de Assis – APAS, onde receberão os cuidados necessários.

A Polícia Militar Ambiental ressalta que entre a segunda quinzena do mês de setembro e início de novembro o tráfico destes animais, oriundos de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, sofre aumento significativo devido à época de reprodução. Neste período, o Policiamento Ambiental é intensificado nas fronteiras com estes Estados com a finalidade de coibir este crime.

Desta forma, a Polícia Militar Ambiental foca seus esforços na prevenção e repressão deste tipo de infração e conta com as denúncias da população como importante ferramenta para o combate de crimes desta natureza. Para colaborar, basta ligar para o Disque Ambiente – 0800 113560. A pessoa não precisa se identificar.

 

 


Policiais apreendem mais de 200 pássaros silvestres em Presidente Prudente
Policiais apreendem mais de 200 pássaros silvestres em Presidente Prudente
Entre os mais de 200 pássaros
Entre os mais de 200 pássaros