O que fazer nos finais de semana nos parques de São Paulo

15/02/13 15:09

O que fazer nos finais de semana nos parques de São Paulo

Separamos uma programação especial para você aproveitar e conhecer o que rola de melhor nos parques urbanos da região metropolitana de São Paulo.

Em todas as regiões, você encontra grandes espaços verdes, com o intuito de propiciar recreação e lazer aos seus visitantes.

A grande vantagem dos parques urbanos é propor aos moradores de metrópoles a opção de visitar áreas naturais, com paisagens verdes, sem a necessidade de percorrer grandes distâncias. É neles que grande parte da população urbana desenvolve sua relação com a natureza, o que faz deles uma importante ferramenta para conscientização ambiental.

PARQUE DA JUVENTUDE
Endereço: Avenida Zachi Narchi, 1039
Fone/fax: (11) 2251 2706
Funcionamento: área verde das 6h às 19h
área Esportiva: 6h às 24h.

O parque possui dez quadras poliesportivas (sendo duas de tênis e oito para voleibol, basquetebol, handebol e futsal) e pistas de skate, patins, caminhada e corrida.
O parque conta com empréstimo de materiais esportivos como bolas de futsal, vôlei, handebol, basquete, raquetes e bolinhas de tênis, raquetes e bolinhas de ping pong, jogos de dama e xadrez.

ZOOLÓGICO DE SÃO PAULO
Endereço: Avenida Miguel Estéfano, 4241 – Água Funda
Fone: (11) 5073-0811 / Fax: (11) 5058-0564
Funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 17h (fechamento da bilheteria às 16h30).
Informações: http://www.zoologico.com.br/

Por meio da exibição de mais de 3.000 animais, representados por espécies de mamíferos, aves, répteis, anfíbios e invertebrados, o Zoológico de São Paulo promove a conscientização do público sobre as diversas formas de vida na Terra.

PARQUE ÁGUA BRANCA
Endereço: Avenida Francisco Matarazzo, 455 – Água Branca
Fone/fax: (11)3865-4130 / 3865-4131
Funcionamento: 6h às 22h.

O parque da Água Branca oferece opções de diversão, saúde e lazer para toda à família, confira a programação deste fim de semana.
O parque possui áreas para alongamento, pista de caminhada, corrida, espaço de ginástica, sanitários, alimentação e estacionamento. Um playground, com brinquedos para crianças de até dez anos de idade, também está disponível. Na Praça do Idoso, o público da terceira idade encontra equipamentos de ginástica para a prática de atividade física.
De fácil acesso – fica próximo ao terminal Barra Funda – o visitante pode se surpreender ao ver alguns animais soltos pelo parque, como pavões, patos, galinhas e galos, galinhas – d’ angola e gansos.
O Museu Geológico, também no local, tem exposições permanentes que são mantidas pelo Instituto Geológico. A Casa de Caboclo é uma réplica das residências da zona rural, onde o visitante pode experimentar a Cavaca, uma broa de milho assada na chapa do fogão a lenha.
Além dessas atrações, quem visita o parque pode conhecer as espécies de peixes mais importantes dos rios do estado no Aquário. O Relógio do Sol é outra atração interessante. Ele marca a passagem do tempo nos diversos países, por meio da observação da posição do sol.
O parque possui ainda uma Arena, um Centro de Referência em Educação Ambiental e outros espaços para exposições e feiras.

PARQUE VILLA-LOBOS
Endereço: Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 1025 – Alto de Pinheiros
Fone/fax: (11) 3023 0316 / 3021 6137
Funcionamento: 5h30 às 19h / 5h30 às 20h (horário de verão)
Informações: http://www.ambiente.sp.gov.br/parquevillalobos

O Parque Villa Lobos é um ótimo espaço para conhecer bandas novas. Sábado, 16, a partir das 15h, o palco do anfiteatro recebe Mith Henry & Black Snake. A banda foi idealizada em 2007 pelo guitarrista e vocal Mitch Henry e tem como proposta executar clássicos do Blues e composições próprias.
Além das atrações culturais, o Parque Villa-Lobos possui ciclovia, quadras, campos de futebol, “playground” e bosque com espécies de Mata Atlântica. A área de lazer inclui ainda aparelhos para ginástica, pista de cooper, tabelas de basquete de rua e um anfiteatro aberto com 750 lugares, sanitários adaptados para deficientes físicos e lanchonete.
Na visita, não deixe de experimentar atrações diferenciadas. O Vai pela sombra – trilha feita de pedriscos que percorre os principais bosques do parque, uma boa opção para quem faz caminhada ou corre, pois reduz o impacto nas articulações. O Circuito das Árvores – passarela elevada para quem gosta de apreciar espécies de árvores e aves.
Orquidário Ruth Cardoso – orquidário de 523 m², cercado por um espelho d’água e estufa em formato de oca que abriga uma exposição permanente com 15 mil vasos de orquídeas floridas.

PARQUE DO BELÉM
Endereço: Avenida Celso Garcia, 2.231 – Belém
Fone/fax: (11) 2081 2441
Funcionamento: 6h às 20h.

O Parque conta com quadras poliesportivas, dois quiosques para venda de alimentos e bebidas, ciclovia, pista de corrida, pista de skate, duas áreas para ginástica, praças de estar e equipamentos de ginástica para a terceira idade e dois parques infantis.
Há ainda uma Fábrica de Cultura com cursos de iniciação artística para jovens de 8 a 19 anos e um auditório com capacidade para 270 pessoas.

PARQUE GABRIEL CHUCRE
Endereço: Rua da Consolação, 505, Vila Gustavo Correia – Carapicuíba – SP
Fone: (11) 2081 2441
Funcionamento: 6h às 20h.

Neste domingo, 17, das 14 às 20h o Leggo Violence System agita o público do parque Gabriel Chucre. Na ativa desde 2007, o grupo leva música, cultura e entretenimento através de discotecagens e finas seleções de reggae em formato original dos velhos discos de vinil.

O parque está equipado para oferecer o melhor aos usuários, de todas as faixas etárias. Para a prática esportiva, são cinco quadras poliesportivas, quadra de areia, três quadras de tênis, pista circuito de skate, dois campos de bocha, pista de cooper, ciclovia e três estações de ginástica.
Além de equipamentos de lazer, o parque dispõe de nove quiosques e dois playgrounds. Tem ainda centro de educação ambiental, centro cultural, centro de eventos e centro de convivência. O local possui lanchonete e estacionamento para 210 carros.
Os usuários poderão usufruir da Praça da Proa, que incluiu uma gigantesca pérgula em forma de asa delta, cuja ponta é direcionada para a nascente do rio, em Salesópolis; do Circuito do Tietê, percurso sinuoso de água, rodeado por pedras tiradas das obras da Linha Amarela do Metrô e que representam alguns dos municípios banhados pelo Tietê, além de uma espécie de prainha que servirá de diversão para os usuários do parque nos dias quentes; e do Circuito dos Pneus, um símbolo da grande quantidade de lixo encontrada no rio, com o intuito de alertar os frequentadores sobre os maus – tratos por ele sofridos.
Ainda será possível usufruir da Praça do Mirante, espaço de articulação entre os dois caminhos centrais do parque, que possui um grande palco voltado para o seu interior, além de arquibancada com visão para a pista de skate e as quadras.

PARQUE POMAR URBANO
Endereço: Avenida Guido Caloi, 551 – Jardim São Luís
Fone/fax: (11) 5892 2655 / 5897 3211
Funcionamento: 8h às 17h.

O jardim que mudou a cara da marginal do rio Pinheiros é uma excelente opção de lazer. Há instalações de uma estação de tratamento de água pelo processo de flotação, uma área para compostagem e produção de adubo, uma estufa onde é possível aprender a fazer mudos, um minhocário e ainda um orquidário.
A ciclovia do rio Pinheiros, com 15 km de extensão, administrada pela CPTM é uma das atrações do local.

PARQUE GUARAPIRANGA
Endereço: Estrada do Riviera, 3.286
Fone/fax: (11) 5517 6707
Funcionamento: de terça a domingo, das 8h às 17h.

Planejado para criar o mínimo de impacto possível ao meio ambiente, do Infocentro à Brinquedoteca, do Museu do Lixo ao Programa de Educação Ambiental e do Anfiteatro ao Salão Oval, o Parque Ecológico do Guarapiranga proporciona aos visitantes atividades diversas em meio à vegetação.

HORTO FLORESTAL
Endereço: Rua do Horto, 931 – Horto Florestal
Fone/fax: (11) 2232 3117
Funcionamento: 6h às 18h / 6h às 19h (horário de verão)

O Parque Estadual Alberto Löfgren, apesar de localizado em área urbana, mantém extensas áreas de Mata Atlântica, constituindo uma importante referência para a população paulistana.
Localizado na zona norte da Capital, ocupa área de 174 hectares. O Horto Florestal oferece ao visitante um contato direto com a natureza, com fauna e flora diversificadas. Há palco para eventos, área de piquenique, playground, pista de cooper, equipamentos de ginástica, bicas de água potável, lagos e o Museu Florestal. Abriga, ainda, o Palácio de Verão do Governo do Estado.

 

Texto: Ednéia Franco

Foto: Divulgação