Novo comandante do 1º Batalhão de Polícia Ambiental assume em São Paulo

Diante das tropas e autoridades presentes, de um lado, o Tenente Coronel PM Vanderlei Manoel de Oliveira, após empunhar a sua espada de aço, com o brasão da República no florete, despediu-se de sua posição à frente da corporação, do outro, defronte a ele, e igualmente empunhando a espada, símbolo de comando nas corporações militares, o Tenente Coronel PM Leonardo Torres Ribeiro confirmou em alta voz sua posse no Comando do 1º Batalhão de Polícia Ambiental do Estado de São Paulo.

Com este ritual solene, além de outros atos formais, como a revista das tropas e deslocamento da bandeira, aconteceu, em 10.02, na sede do Instituto Florestal, em São Paulo, com as presenças do secretário estadual do Meio Ambiente, Xico Graziano, e do comandante do Policiamento Ambiental do Estado, Coronel PM Ronaldo Severo Ramos, a passagem do Comando do 1º Batalhão, que tem sob seu controle um efetivo de 730 policiais, distribuídos em 05 Companhias, que cobrem 202 municípios, da Região Metropolitana de São Paulo e das regiões de Sorocaba e de Campinas.

O Ten. Cel. Leonardo Torres Ribeiro, que serve no policiamento ambiental desde janeiro de 1994, está com 48 anos de idade, é natural de São José do Rio Preto, bacharel em ciências jurídicas e pós-graduado em ecologia, com cursos de Aperfeiçoamento de Oficiais, Superior de Polícia e de Especialização em Policiamento Ambiental, além de várias condecorações, assume seu novo posto após exercer, entre outras, as funções de adjunto da Seção Operacional do Comando de Policiamento Ambiental, chefe da Seção de Planejamento do 1º BPAmb, comandante da 3a. Cia. de Polícia Ambiental em Sorocaba e subcomandante do 1º BPAmb.

Em seu novo cargo, terá como responsabilidade dirigir, em toda a sua área de atuação, operações de combate ao desmatamento da Mata Atlântica, tráfico de animais silvestres, extração ilegal de palmito, intervenções irregulares em Áreas de Proteção Ambiental e pequenos fragmentos florestais no Cerrado, ocupações irregulares e despejos criminosos de resíduos sólidos inertes.

Durante a cerimônia de posse, no Horto Florestal, que também abriga unidades do 1º BPAmb, juntamente com o secretário Xico Graziano, o Ten. Cel. Ribeiro anunciou o início da “Operação Serra Protegida”, a partir de 10 de fevereiro, com o objetivo de proteger a Serra da Cantareira, envolvendo as regiões de entorno do Parque Estadual da Cantareira, administrado pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente – SMA. Para o comandante, a operação já foi desencadeada, com cerca de 100 comandados procedendo  fiscalizações, bloqueios, abordagens e vistorias, visando proteger mananciais e remanescentes florestais da Serra da Cantareira além dos limites do parque.

Conforme o secretário Graziano, o Governo do Estado prometeu recursos e todo apoio necessário para a realização da Operação Serra Protegida. “Em 2009, a Cantareira é prioridade absoluta do Governo do Estado”, afirmou.


O secretário Xico Graziano passou revista às tropas.
O secretário Xico Graziano passou revista às tropas.
O Ten. Cel. Leonardo Torres Ribeiro irá comandar um efetivo de 730 policiais ambientais.
O Ten. Cel. Leonardo Torres Ribeiro irá comandar um efetivo de 730 policiais ambientais.
O Ten. Cel. Ribeiro recebe os cumprimentos do comandante do Policiamento Ambiental do Estado
O Ten. Cel. Ribeiro recebe os cumprimentos do comandante do Policiamento Ambiental do Estado
 Cel. Ramos
Cel. Ramos