LLX pretende construir três portos com R$ 4 bilhões

Braço de logística dos negócios do empresário Eike Batista, a LLX Logística investirá cerca de R$ 4 bilhões (US$ 2,3 bilhões) na construção de três portos. Dois deles no Rio de Janeiro - um no norte do estado e outro em Itaguaí. O terceiro e maior complexo portuário, com custo estimado de US$ 1,5 bilhão, ficará na Baixada Santista, para aliviar o Porto de Santos.

Em fato relevante ao mercado, a empresa informou que celebrou com o Bradesco mandato de financiamento de US$ 750 milhões. Desse valor, US$ 300 milhões provêm de empréstimo-ponte. O restante poderá vir do BNDES, que analisa os projetos apresentados pela empresa. Também está prevista a captação de recursos por um grupo de bancos. Outros US$ 800 milhões poderão ser obtidos por meio de venda de ações da companhia. Esses recursos contribuirão para a execução dos investimentos no País e num projeto no Chile. Em entrevista recente à Gazeta Mercantil, Eike Batista revelou a intenção de construir um porto maior que o de Santos para dar vazão ao grande fluxo de commodities e mercadorias