Floresta Legal é inaugurado no Vale do Ribeira

Situado no município de Pariquera-Açu, no Vale do Ribeira, o Parque Estadual Campina do Encantado é conhecido por suas turfeiras, um tipo de vegetação rica em gás metano, formado pelo acúmulo de matéria orgânica. Nesse ambiente, é possível provocar a liberação e combustão desse gás, com a presença de fogo, produzindo chamas de 80 centímetros de altura. Esse fenômeno é a origem das muitas lendas contadas na região. E para completar esse encantamento, o parque recebeu em 29.09 a turma do Criança Ecológica.

O parque Campina do Encantado, administrado pela Fundação para a Conservação e a Produção Florestal – FF, ligada à Secretaria Estadual do Meio Ambiente – SMA, é a 6ª Unidade de Conservação que recebe o Floresta Legal, que integra o Criança Ecológica, um dos 21 projetos Ambientais Estratégicos da SMA.
 
Os 85 alunos do 1º ao 4º ano das Escolas Municipais da Boa Vontade e Senador Dantas, de Pariquera-Açu, acompanhados pelos 16 professores, foram recepcionados por Frida Flor, Nika Valente, Bob Água, Max Limpo, Fred Fauno e Mel Mocinha, no Centro de Visitantes do parque. Juntos, participaram de apresentações de vídeos, músicas, palestras e, é claro, algumas brincadeiras. As crianças ficaram deslumbradas, todos queriam tocá-los e serem fotografados ao lado da turma, até mesmo os vilões Poli Vigarista e Dick Poluição fizeram sucesso no meio da garotada.
 
Para Malu Freire, coordenadora de Educação Ambiental da SMA, e que no ato do evento representou o secretário de Meio Ambiente, Xico Graziano, declarou que o projeto desperta o interesse das crianças pelas questões ambientais. O Criança Ecológica visa uma militância em prol da melhoria de vida, formando futuros cidadãos que concretizarão uma sociedade sustentável”, destacou.
 
O Campina Encantado já conta com um Núcleo de Visitação totalmente equipado, que ganhou agora uma sala para atividades ecológicas. “A sala Projeto Criança Ecológica é um espaço onde as crianças aprendem de forma lúdica, a desenvolverem consciência da importância da preservação ambiental, concentrando suas energias para ações que futuramente vão trazer benefícios para o meio ambiente e sociedade”, ressaltou Malu Freire, gerente da Coordenadoria de Educação Ambiental da SMA.
 
A sala tem em uma das paredes o desenho da turma do Criança Ecológica. A pintura é resultado do trabalho do estudante Antônio Inacir, de 17 anos, membro do programa “Jovens Econscientes”. Esse programa juvenil é desenvolvido no parque com duração de dois anos e tem como objetivo formar agentes multiplicadores para disseminar conceitos de sustentabilidade e na comunidade local.
 
Campina do Encantado
 
Como o próprio nome sugere, o parque tem mitos e muitas histórias, sua vegetação é dominada pelas turfas e por floresta de restinga, bromélias e campos de várzea, num total de 2.360.00 hectares. A fauna é rica e diversificada com vários tipos de aves e outros animais.
 
Há ainda sítios arqueológicos, formados por fragmentos de ossos, conchas e outros objetos que podem atingir 10 metros de diâmetro e cinco de altura, conhecidos como Sambaquis.

Max Limpo e Bob Água se divertiram com a criançada
Max Limpo e Bob Água se divertiram com a criançada
Dick Poluição também fez sucesso
Dick Poluição também fez sucesso
Adriana Neves
Adriana Neves
 da FF
da FF
 Márcia Santana
Márcia Santana