Estado de São Paulo está mais Verde Azul

Santa Fé do Sul mantém a liderança no ranking ambiental dos municípios paulistas. Este ano, com concorrentes muito mais próximos na avaliação, a cidade de 30 mil habitantes, a oeste do Estado de São Paulo, apostou na educação ambiental para manter a boa avaliação do ano anterior e ficou com nota 94,40. Logo atrás apareceu o município de Novo Horizonte, com 94,33 e Guaraçaí, com 94,20. “Os municípios estão indo bem, muitos me procuraram este ano para entender o que estávamos fazendo para ter uma nota tão boa. A concorrência aumentou, mas o que eu mais quero é que todos os municípios tenham o prazer de receber esse certificado”, declarou orgulhoso o prefeito vencedor, Antônio Carlos Favaleça.

“Isso é um verdadeiro exército pela preservação do meio ambiente”, exclamou o secretário do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Xico Graziano, ao ver a platéia de três mil pessoas que lotou o Anhembi, nesta terça-feira, 1º de dezembro, para conhecer os novos municípios verdes azuis do Estado. Ao todo, foram 156, número 354% maior que em 2008, quando 44 cidades voltaram para casa com o certificado. Para Graziano os resultados foram uma prova de que um processo de mudanças de atitudes foi enraizado no Estado, onde os municípios foram fortalecidos e preparados para lidar com as questões ambientais.
 
O sucesso do Projeto não ficou somente nos números de municípios certificados. Diante do governador José Serra, Graziano apresentou um balanço com os resultados do projeto ao longo de 2009, com a adesão de 100% dos municípios paulistas ao Projeto, o preenchimento completo do Plano de Ação Municipal, que habilita o município a ser avaliado, e a redução do número de lixões no Estado: eram 143 em 2007 e hoje são oito. “Até março será zero”, garantiu o secretário.
 
Outro número surpreendente foi o de nascentes georreferenciadas ao longo do ano. Foram 86 mil, uma média de 210 nascentes por município. “Os números não querem dizer que o problema está resolvido. Mas mostra que estamos no caminho e que existem avanços. Fazemos com calma, mas fazemos bem feito”, ressaltou Graziano, que ainda destacou que muitos municípios deixaram de ganhar o certificado devido ao passivo ambiental. A própria capital, São Paulo, teve nota 86, mas devido ao passivo por áreas contaminadas, perdeu pontos e não conseguiu manter a média acima de 80, que habilita o município a ser certificado como Verde Azul.
 
Outros setes municípios – Américo Braziliense, Borborema, Guzolândia, Mongaguá, Olímpia, Piedade e Rubinéia –, assim como o capital, deixaram de ser certificados por causa do passivo, mas, estes possuem um prazo de 60 dias para resolver as pendências, que dizem respeito a esgoto e lixo - e podem ser resolvidas rapidamente -, para receber o certificado. Considerados pré-certificados, se resolverem as pendências até o início de fevereiro, também entram para a lista dos municípios verdes azuis paulistas.
 
“Estou satisfeito com o andamento da luta ambiental em São Paulo”, declarou o governador José Serra antes de listar as ações ambientais que estão ocorrendo no atual governo com a ampla participação dos municípios. “A mobilização de São Paulo, sem a ação das prefeituras, não daria certo. Esse projeto só dá frutos graças a essa competição positiva que se instaurou entre os municípios”, avaliou o governador, defendendo que entre as dez diretivas a mais importante é educação ambiental. “É com a educação que envolvemos a população, e é através dela que vamos preparar as nossas crianças para o futuro”.
 
Premiações
 
Além do certificado de Município Verde Azul, 22 municípios receberam o Prêmio Franco Montoro por terem recebido a melhor nota em sua bacia hidrográfica. Outros 22 interlocutores receberam o prêmio de destaque no trabalho de elaboração do Plano de Ação e pela participação efetiva no Projeto. As novidades ficaram por conta dos prêmios de melhor ciclovia, conquistado pelo município de Sorocaba; melhor programa de coleta seletiva, concedido ao município de Corumbataí; e melhor programa de recuperação de nascentes, que ficou para os municípios de Regente Feijó e Gabriel Monteiro. As empresas Brejeiro e Açúcar Guarani receberam o prêmio Parceria Verde, pelas parcerias firmadas com as prefeituras em benefício do meio ambiente local e os cidadãos de Itapetininga e São Sebastião, Roque Rolim Guilherme e Norberto Baracui, respectivamente, ganharam o prêmio Iniciativa Verde, pelas ações individuais realizadas por eles em benefício ao município e seus moradores.
 
Para 2010, as prioridades do Projeto serão Educação Ambiental, Coleta Seletiva e Arborização Urbana, que poderão valer prêmios extras. Quanto aos investimentos, o governador José Serra anunciou que R$ 50 milhões estarão disponíveis para os municípios executarem melhorias ambientais no próximo ano. O valor é quase o dobro do já investido desde a criação do Projeto. Os municípios certificados terão prioridades na captação destes recursos. Para o gerente do Projeto, Ubirajara Guimarães, o principal objetivo já foi atingido. "Nós coneguimos mobilizar os municípios. Os resultados que temos hoje são impressionantes e mostram que os municípios estão preocupados com a questão ambiental". Nesse ritmo, Guimarães acredita que cada dia mais os municípios estarão empenhados a seguir o logo do Projeto: uma “ação local por uma causa global”, e assim, continuarão a deixar o Estado de São Paulo mais Verde Azul.

Veja no site do projeto o ranking ambiental dos municípios: www.ambiente.sp.gov.br/municipioverdeazul

Acesse a apresentação do Secretário Xico Graziano


Três mil pessoas acompanharam a divulgação do ranking
Três mil pessoas acompanharam a divulgação do ranking
Para o secretário Xico Graziano
Para o secretário Xico Graziano
 o projeto criou um exército para a preservação ambiental
o projeto criou um exército para a preservação ambiental
Os prefeitos aguardaram ansiosos pela entrega do certificado
Os prefeitos aguardaram ansiosos pela entrega do certificado
O governador do estado
O governador do estado
 José Serra
José Serra
 destacou a competição positiva entre os municípios
destacou a competição positiva entre os municípios
O gerente do Projeto Município Verde Azul
O gerente do Projeto Município Verde Azul
 Ubirajara Guimarães
Ubirajara Guimarães
Ubirajara Guimarães e José Walter Figueiredo entregam o prêmio aos interlocutores de destaque
Ubirajara Guimarães e José Walter Figueiredo entregam o prêmio aos interlocutores de destaque
O prefeito de Santa Fé do Sul
O prefeito de Santa Fé do Sul
 Antônio Carlos Favaleça
Antônio Carlos Favaleça
 recebe prêmio das mãos do governador
recebe prêmio das mãos do governador